domingo, 12 de maio de 2013

Assim Você Mata o Papai


Taradinhos queridos,
vamos dar um pulo no tempo em relação aos ultimos contos postados, saindo da epoca de iniciação de dominio, pra os dias atuais de taradinha experiente e cheia de vontade rs

Em especial pro Matuza, que tinha pedido por esse conto, e ironicamente postado no dia das mães:


Assim Você Mata o Papai



O conto de hoje se passou num feriadão, meus pais haviam viajado e como sou filha unica, fiquei com a casa vazia só pra mim, numa quinta, sexta, sabado e domingo... Que periiiiigo rs...

Aproveitando a casa vazia, combinei com um peguete negão, pra marcarmos uma farrinha e como ele já insistia há um tempo na ideia de chamar um amigo, eu topei, desde que esse fosse também um belo e safado negro de pau grande...

No dia combinado havia preparado a casa para receber as minhas visitas e esperando os dois de micro calcinha enfiada na bunda e blusinha de alcinha que mal tapava o meu umbiguinho... Adoro fazer o estilinho ninfetinha teen rs

A campainha toca e desse jeitinho em que estava vestida fui abrir a porta (por enquanto só a porta) para os meus convidados...

 

Feriado, sol, calor, dia de folga, dia de lazer e farra, e era isso que iamos aproveitar. Vestidinha de ninfeta, no meio de dois negões caralhudos e ninguem em casa pra me defender. A minha festa estava montada, só resta saber se tudo acabaria mesmo em festa, pelo menos pra mim... Porque pra eles...

Acho que era quase que a festa de peão de Barreto, de tanto que eles me olhavam com cara de quem queria montar em cima da potranca e sair cavalgando pela casa toda rs

Cervejinha na mão dos meus convidados, radio da sala tocando uma musiquinha, nos três no sofa e eu sentada no colo do meu peguete, batendo o maior papo com os 2 e dando risadinhas maliciosas, acho q não tinha coisa melhor pra se fazer num dia tão bonito.

Papo descontraido rolando, meu peguete contando pro amigo historias de como ele havia me comido, clima de sexo e descontração no ar e uns pagodes de pobre embalando o ritmo da nossa festinha. Eu particularmente não sou fã de pagode, mas se eu desejava estar com meus convidados de baixa renda em casa, essa trilha sonora seria inevitavel...

Até que começou a tocar no radio a musiquinha do sorriso maroto ( ou qualquer porcaria igual), assim você mata o papai, que não sei se pelo alcool da cerveja que eu ja tinha tomado, se pela empolgação dos apretões e bolinações nas minhas coxas que eu estava levando dos meus negões, ou se pela batida da musica, só sei que dei um pulo do colo do meu peguete e comecei a sambar, ou tentar algo assim, no meio da sala na frente dos meus dois negões tarados...



Com aquela pouca roupa que eu estava, blusinha de ninfetinha, calcinha atolada no rabo, eu dançava, rebolava e empinava a bunda na cara dos meus tarados, que com um sorriso maroto na cara, cantavam, batiam a mão marcando o ritmo da musica e davam tapas na minha bunda mandando a loirinha sambar...

PLAFT PLAFT

Isso tudo sempre cantarolando o refãozinho "ai ai ai ai ai... assim você mata o papai ai ai ai"...

Dancinhas, reboladas e palmadas na bunda não eram nada perto do que estava por vir... Já que era pra matar o papai, a coisa tinha que ser no lugar certo... E assim nesse ritmo de musiquinhas e aprtões, levei os 2 pro quarto dos meus pais. Fuder ali com dois negrões, aí sim era pra matar o papai.... de desgosto talvez rs

Dai por diante nem tenho palavras tão perfeitas para descrever, não tinha mais consciência de tudo que acontecia por ali, minha blusinha já havia sido arrancada, meus peitos chupados, nem sei por qual dos 2, ou pelos 2!!! Jogada na cama de barriga pra cima, enquanto um enfiava a cara no meio das minhas pernas, o outro me dava uma surra de pica na cara, dois negrões daquele tamanho contra ma loirinha princesinha como eu era uma verdadeira covardia, mas quem se importa? Eu nao! rs

 Já de 4, entre os dois deitados na cama, alternando umas chupadas no pau de cada um, enquanto engolia gostoso o pau de um deles, escutava o meu peguete conversando com o amigo "não te falei q essa putinha gostava de chupar uma rola", palavras assim só me incentivavam mais a lamber e me babar todinha na rola daqueles tarados, olhando pra eles com a maior cara de puta possivel com um pau na boquinha! Era pra matar o papai mesmo rs


Virada de volta deitada na cama, barriguinha pra cima, pernas abertas, o primeiro negro tarado foi se encaixando na minha bucetinha cor de rosa e sem a menor cerimônia foi me fudendo todinha socando forte e me arrancando gritinhos e gemidos de menininha inocente.

- Ain ain ain me fode seu cachorro safado! Ain caralhôôôôôô

Eu gemia ofegante sem controlar mais as minhas palavras... E ele me fodia todinha... e como fodia...


Gemidos, xingamentos, mordidas no pescoço, chupadas no peito, cama sacudindo, um negro em cima de mim, uma vara na minha xota, um outro cara no quarto que eu nem sabia mais aonde estava e o que estava fazendo, era tanta coisa acontecendo de uma vez só, que nem consigo descrever aqui pra voces...

Não sei nem dizer em qual momento o primeiro saiu de cima de mim e quando comecei a sentir o peso e a pressão do segundo safado me comendo. O que posso destacar (e que não foi algo simples acontecendo) foi quando o bip do meu celular começou a apitar... Com algum sexto sentido era o meu pai me ligando...

Como era o bip do rádio do cel, meu telefone ficava apitando um pouco, sem ninguem dar bola pa ele, até que entrou em alto e bom som no viva voz os chamados do meu papai:

- Filha ta podendo atender? 

Não!!! Impossivel poder atender numa hora dessas hehehehehe


Nem preciso dizer o susto que eu levei e a risada debochada dos 2 safados que estavam me fudendo

- Hahahaha vai loirinha, atende o papai...

Num tom de deboche, o tarado que não me comia no momento, pegou o meu cel e me dava na minha mão... Era tentador atender aquela porra...

O bip continuava apitando, mas larguei o meu cel ao meu lado na cama, enquanto o FDP que estava em cima de mim, nem se importava com nada e continuava socando gostoso aquele caralhão preto na minha bucetinha...



Seguimos nessa meteção, por um tempo, até os animos se abaixarem... Com todo mais calmos, da rodada incicial, pedi uma pizza pra matar a fome, ou pelo menos esse outro tipo de fome. Mas claro que nem um simples pedido de pizza podia terminar em algo normal...

Chegando a pizza, com o entregador na porta, meus 2 negôes queriam que eu atendesse peladinha, o que obvio não aceitei, mas entrei no clima da brincadeira e colocando apenas uma micro calcinha enfiada na bunda e peitinhos soltos ao vento, fui atender a porta pra receber a pizza...

Com meus dois negrões tarados ali pela sala com as rolas de fora, fazendo questão de mostrar que tavam metendo ferro na madame, assim, nesse clima, nesse estado, fui atender a porta...

A cara de espanto do entregador era gritante, mas não sei o que tirou mais o seu folego: ter a visão de uma ninfetinha semi nua na sua frente, o fato de ver uma patricinha com carinha de anjinha no meio de 2 negões ostentando suas respectivas varas enormes na mão...

Acho que no final o que matou o coitado de vez, foi a minha abaixadinha sacana que dei pra pegar o dinheiro na minha bolsa, empinando todo o rabo na frente do pobre entregador...



Tudo isso durou segundos, mas é algo que marca e que faz o tempo demorar anos pra passar no momento em que esta acontecendo... Caralho, era uma festa completa aquele feriadão! rs

O entregador foi embora, pizza na mesa, clima de farra e risadas felizes no ar, os caras não acreditavam em toda aquela piranhagem que eu estava fazendo... Parando pra pensar, nem eu sei como que fiz e faço essas coisas, só sei que na hora eu não penso, deixo o tesão tomar conta e ajo por instinto... Adoro essas putarias hehehe

 Pizza devorada, era hora de comerem outra coisa! De volta a cama do papai, dessa vez de 4, era oooooutra coisa que eu tava colocando na reta para os meus convidados se servirem...

- Ain aiinnn unn aiêêê AI MEU CU FILHO DA PUTA!!!

Ok vcs já entenderam o que que tava acontecendo rs 

De 4, apoiadinha nos cotovelos, mordendo o travisseiro, eu aguentava firme e forte um preto tarado montado atras de mim, metendo sem a menor peninha da patricinha, aquela piroca preta grossa na minha bundinha de princesa... Puta que pariu, aquilo tava foda, em todos os sentidos...



 - Ain ain Aiêêê ainnnnnnnnnnn meu cuzinhôôôôôôôô

A essa altura, meus gemidinhos soavam num tom manhoso e choroso ao mesmo tempo, choramingando tentando aguentar aquele castigo gostoso que eu levava no rabo, daquele negro tarado que se divertia atras de mim...

Pressao no meu cu... Uma vara no meu cu... Empurrada pra frente, segurava os trancos me apoiando nos cotovelos e agarrando na cama com as maozinhas desesperadas apertando o lençol... Não sei como eu agento essas coisas, mas sei que gosto e MUITO!

Enrabada, ferrada, xingada, eu gemia, chorava, curtia, gritava, revirava os olhinhos e desbocada já não tinha controle das porras q eu falava...

- Ain caralho, ain caralhôôôô, me fode, me fóóóóde, me fóóóde SEU PRETOÔÔÔ!!!

Porra acho q nao deveria ter falado assim, tão enfusiva, tão piranha, tão provocativa... O filha da puta ao escutar aquilo me fudeu, mas me fudeu muuuuito q vcs devem imaginar o quanto!!!



 Um negro... Dois negros... O primeiro negro de volta... O segundo outra vez... A noite rolava, meus joelhinhos doendo, meu cuzinho ardendo de tanta pica, devo ter passado a noite toda de 4, sendo enrabada por aqueles negros tarados, fazendo a farra na patricinha vadia que empinava o rabo pra eles, eu gemia e gritava tanto que nem me preocupava mais com os vizinhos escutarem... Já tava na hora de me preocupar com os meus pais, do outro lado do RJ, ouvindo meus gritinhos de socorro de tanta rola q eu levava na bunda!

Depois que o primeiro entrou, me ferrou e abriu caminho, o restante da noite meu cuzinho ja estava tão arregaçado que aguentava facil as varadas que eu levava sem dó dos meus negões tarados.

E assim foi madrugada a dentro, ate que exaustos caímos na cama esgotados, sem força pra mais nada e assim ficamos no sono dos anjos, na caminha do papai, dormindo arregaçada, no meio dos meus dois machos pretos que tinham acabado de me fuder todinha...

Só acordei no dia seguinte com novo bip do meu cel, já por quase meio dia, novamente o meu pai, me bipando, querendo saber se eu estava bem... E ali aninhada no meio de dois negros, peladinha, com uma pica grossa e dura cutucando a minha bunda, atendi o meu papai e com a voz mais dengosa e de menininha comporrtada, falei um "te amo papai", arrancando risadas dos tarados que se preparavam pra uma foda matinal...

Isso era apenas sexta de manha, ainda tinha muito feriado pela frente, ou no caso, por trás... rs

Mas isso é papo pra outro conto,
um beijo a todos

feschiavo@globomail.com

20 comentários:

Anônimo disse...

De fato valeu a pena ter pedido o fim deste conto! Mt bom msm!Eh uma otima historia acompanhada de fotos mt boas q tambem auxiliam a tornar este conto um conto quase perfeito.
Gostaria de te fazer algumas perguntas,se for possivel,Fe(vou te chamar assim,pode ser?)
1-Qntas historias dessas existem q virao aqui para o blog?
Existe alguma que voce n colocaria aqui?
2- Ja li em Varios contos voce sendo sodomizada por um ou mais negoes mas nunca li sobre uma DP.Ja chegou a rolar ou por se tratar de 2 negoes vc acaba tendo receio de ser partida em duas?Huahuahua
Espero n ter ultrapassado algum limite nas perguntas. :P
Atenciosamente
Matuza

Fernanda Schiavo disse...

Matuza, deixo sempre um email no final dos contos, mais facil um contato mais reservado ali...

1- nao sei haha nao penso nem organizo nada, de acordo com q as historuas vao acontecendo, ou alguma coisa mais antiga me vem a cabeça, resolvo colocar no papel, sem mta ordem ou organizaçao rs

2- realmente, 2 negoes fazendo uma DP, existe a possibilidade real de eu ser partida no meio huahuahuahua
prefiro um de cada vez... bom q fico sempre ocupada sem riscos de ficar chupando o dedo rs

Lukas Tesão disse...

Essa Patricinha não dá ponto sem nó!
Agora teremos que voltar pra saber o restante do final de semana kkkkk

Kledison disse...

Sensacional cada vez fico mais viciado nos seus contos Loiras.Bjus

Anônimo disse...

interessante , mas devemos prestar atençao em alguns pontos
1/ patricinha rica , morando na barra , predio de alto valor e segurança , e a pizza e entregue na porta do ap. pelo entregador? nem na minha cidade do interior
2/ 2 negros e nem um lembra de te fazer uma dp?
hummm sei nao , seriam eles tao idiotas de passar a noite ou o feriado batendo nata um do outro , ha e pelo que sei mulheres tem 3 buracos para ser penetrados , ou nao e?
3/ interessante a maneira que vc sempre se refere ao seu pai , diminuindo o coitado , sera que nao e pra ele que vc quer dar?
desculpa mas as vezes tem gente que penssa um pouco lendo seus contos e olha nao fica bravinha nao , beijos na buceta

ANGELO disse...

É LOIRINHA PATRICINHA INFELISMENTE TENHO QUE CONCORDAR COM O ANONIMO AI DE CIMA,ESTA UM POUCO ESTRANHO MESMO DESTE CONTO SER DE UMA MULHER POIS A HISTORIA E COMO TODOS OS SEUS CONTOS EM SI, SE CONCENTRA MAIS NO SEXO ANAL,DANDO A ENTENDER QUE SEJA ESCRITO POR ALGUM GAY,QUE TENHA ESTAS FANTASIAS, VC NAO CITA MUITO O SEXO ORAL E SUA 'BUCETA' JA PULANDO RAPIDAMENTE PARA O ANAL,ACREDITO QUE O FATO DE POUCOS COMENTARIOS SEJA EM VIRTUDE DESTE FATO MESMO DE NAO ESTAREM ACREDITANDO QUE SEJA MESMO UMA MULHER OU UMA PATRICINHA ESTA TAL FERNANDA.POR FAVOR NAO ENCARE ISTO COMO UMA CRITICA OU OFENSA APENAS REVEJA SE VALE A PENA MANTER ESTE ANONIMATO E ESCREVER TANTO PARA POUCOS SE INTERESSAREN,OU SE SERIA MELHOR VC CALAR A BOCA DO TODO MUNDO E DAR A CARA A TAPA DANDO UMA PROVA A TODOS, QUEM REALMENTE ESCREVE ESTES CONTOS E SE TRATA MESMO DE UMA MULHER, ENFIM AI JA É UMA DECISAO SUA.ABRAÇO.

Diogo T Arado disse...

Cara, se não gostou, não precisa voltar. Eu já conhecia essa história e continuo achando-a sensacional.

Fernanda Schiavo disse...

Lukas - hahaha pior q nao... acho q nem vou escrever mais sobre esse conto

é q tenho costume de terminar os contos sempre com ganchos

Fernanda Schiavo disse...

Kledison - se esse vicio nao te fizer mal, continue se viciando rs

Fernanda Schiavo disse...

Anonimo - cê jura q ai na sua cidade o entregador nao vai na porta? cê mora onde????
pq aqui no rio qqr delivery é assim...

Fernanda Schiavo disse...

Angelo - quem disse q nao tem comentarios? o fluxo maior é sempre por email : P

mas vc tocou num ponto interessante sim, os meus contos tendem a ter mt mais atenção por anal, por questoes de "marketing", escrevo sobre o q gera mais repercursão e comentarios

se ja reclamam pq nao tem DP, ja imaginou se eu nao dou destaque ao sexo anal?

Fernanda Schiavo disse...

Diogo - a culpa é sua de ter botado pilha pra fazer o blog huahuahua

Anônimo disse...

minha querida fernandinha , o cu mais guloso da net moro em sao paulo em um bairro tao bom quanto o seu e tenho um apzinho no rio e no meu predio nao sobe entregador nem um , nem que eu autorize pois e uma das normas do condominio , segurança e bla bla bla , vc deveria saber, ha meu apzinho fica pertinho do seu , beijos na buceta

Anônimo disse...

sabe fe , continuando vc esta em paginas de hq , que eu tenho de pagar pra ler , entrevistinhas que tenho de pagar pra ler , cada vez mais vc parece um personagem que com muito trabalho e talento vem agrupando alguns homens que leem seus contos e pagam por mais e mais , ha e quanto dar sempre e quase tao somente o cu , e natural num pais aonde a bunda e o prato principal do homem , olha nao fica bravinha mas vc deve achar bom alguem um pouco menos bobinho pra te responder , e novamente beijocas na bucetinha

Fernanda Schiavo disse...

olha, vc esta falando uma besteira monstruosa, pq aqui em qqr lugar qqr delivery sobre ate a porta...

sobre as hqs pagas, o site q faz as hqs nao é meu, eu so cedi as historias, nao ganho 1 centavo com isso, e paga e curti quem quer

acho meio bobo esse debate por aqui, mas respondo td numa boa

procure se informar, qqr delivery aqui do rio o entregador sobe ate a porta, eu falo com propriedade de causa,
vc se prendeu à sua verdade e quer impor na marra o seu pensamento, eu em nenhum momento impus nada a vc

reflita nos seus atos e se nao curte o espaço, nao é obrigado a voltar aqui

ainda assim, te convido pra voltar todos os dias e criticar td q vc achar q nao ficou bom
apenas aceite q nem sempre as suas ideias é q sao as certas : )

bjs

massega disse...

responder pra anonimo é uma chatice, pois pode ter o anonimo1 o 2 e talvez nunca mais voltem aki.
Q diferença faz se o entregador subiu ou não?
é liberdade poetica, bem como se fosse um entregador negro parrudo e pauzudo poderia ter entrado na festinha.
Se Fê ñ fizesse anal, vcs reclamariam.
Nos contos tem anal, tem gang bang, tem fist fucking, tem frutas, tem cumshot.
Não tem DP, mas eu preferiro os contos mais permeados de verdade do q ela criar um apenas pra agradar alguem.
No conto do jogador, ele comeu apenas a deliciosa xoxota a noite toda...
Ñ ESTÃO LEMBRADOS?????

Em resumo, já conhecia o conto, Fê colocou cacos, prefiro o original, mas ficou bem excitante.

Beeijooos Fê.

Anônimo disse...

fernandinha pq vc embrabece quando alguem lhe questiona algo? calma , vc nem sabe quem sou , pq tanta brabeza , e nao quero impor nada nao , so estranho certas coisas que vc diz,pois parece que nada disso e verdade , sabe parece um perssonagem , mas continue escrevendo , com o passar do tempo vc vai aprender como e que se faz , beijinhos na bundinha , te amo ta?

Fernanda Schiavo disse...

Massellllga, o q q vc nao gostou nessa revisao?
mudei pouca coisa do original

Fernanda Schiavo disse...

Anonimo, fico feliz de saber q eu ou meu blog sejamos tao especiais assim pra vc
ninguem frequenta tanto ou comenta tanto num blog se nao curtir a coisa

e entendo a necessidade de atração e atençao de sua parte,
é como o aluno q quer ser amigo do professor, ou a pessoa q tieta um artista famoso, sao reaçoes normais

so acho bobo ficar perdendo tempo batendo boca por causa de um delivery, q sim, em qqr predio do rio o entregador sobre na porta

quando vc me provar o contrario, volto a te dar atençao
bjus e volte sempre

Anônimo disse...

fe , nao seja boba , nao perde tempo brigando comigo , eu so estranhei e nem quero mais falar disso , acho seus contos gostosos de ler , pode melhorar mas eu gosto , achei seu desenho um tesao , sera que vc e mesmo assim? nao sei vc nao se mostra , mas fica tranquila eu sou seu fa e olha como disse antes te amo , beijos em toda vc delicia , e bom pelo menos ficamos trocando menssagens, ha mais uma coisa nao tem um desenho desse de vc com a bundinha virada pra nos? se tiver mostra ta bem, fui , lembra TE AMO

Postar um comentário

 
;